segunda-feira, 25 de maio de 2009

Vinte Anos

Momento sentimental...

Vinte Anos

São vinte anos de sonhos, desejos,
são vinte anos de histórias perdidas,
são vinte anos de memórias difusas
se confundindo num mar diluídas.

São vinte anos de espera, futuro
de vinte anos passados num sopro,
retratos vagos, momentos de vento
perdidos todos na mente em um logro.

Meus vinte anos de ouro um tesouro
no abismo afunda em lugares longínquos
em vales velhos, profundos, letargos...
Memórias d'ouro em neblinas sumindo...

Meus vinte anos passados tão cedo,
são vinte mundos deixados de lado
são vinte vidas voltadas pra dentro
de minha mente, meu mundo selado.

Meu monastério em mil teias de mistérios
caminhos negros, perdidos, varridos
para destinos não lidos, não vistos.
Para caminhos jamais percorridos.

Meus vinte anos queridos, meu mundo
és minha jóia meu tempo e meu livro,
e como areia escorrendo em meus dedos
vou te perdendo esquecendo se vivo.

E vivo e quero viver meu futuro,
meu vasto campo de estrelas e fógos
e nessa vida sofrida sou vivo
e nessa vida querida me afogo!

Um comentário:

  1. incrivel e difícil, perceber e sentir que o tempo foge de nós a cada grão de areia.


    Blog Suicide Virgin

    ResponderExcluir